Auferida em Outubro de 2018, a ser paga conforme a proporção abaixo:
 
  • a) - até 90 (noventa) dias de contrato de trabalho na empresa, o empregado não faz jus ao benefício;
  • b) - de 91 (noventa e um) dias até 180 (cento e oitenta) dias de contrato de trabalho na empresa, o empregado fará jus a 01 (um) dia;
  • c) - acima de 181 (cento e oitenta e um) dias de contrato de trabalho na empresa, o empregado fará jus a 02 (dois) dias.
 
Parágrafo 1º - Fica facultado às partes, de comum acordo, converter a bonificação em descanso, obedecida a proporcionalidade acima, durante a vigência da presente Convenção Coletiva de Trabalho.
 
Parágrafo 2º - A indenização prevista no caput deste artigo, fica garantida aos Empregados em gozo de férias e às empregadas de licença maternidade.
 
Parágrafo 3º - Para os comerciários remunerados a base de comissões, o cálculo do valor para pagamento da bonificação, terá como base a média das remunerações dos 6 (seis) últimos meses anteriores ao mês de pagamento.